/// Vestido submerso no Mar Morto se transforma numa incrível escultura de sal

Sigalit Landau é uma artista israelense nascida em Jerusalém. Desde a infância mantém uma relação especial de reverência pelo Mar Morto. O que acabou influenciado bastante no processo criativo de muitas de suas obras, tanto com o uso do sal como matéria-prima como misticamente.

Seu mais recente trabalho é, ao mesmo tempo, uma série fotográfica e uma escultura. Landau submergiu um vestido preto nas águas hiper-salgadas do Mar Morto e retornou vária vezes para fotografar o processo de salinização dele, acompanhando a cristalização gradual do sal em suas tramas. O resultado é uma escultura impressionante composta do mais puro sal reluzente e uma série de oito fotografias que denominou de ‘Salt Bride’, Noiva de Sal em bom português. O processo ao todo levou dois anos.

Até o dia 3 de setembro deste ano (2016), ficará em exibição na galeria de arte Marlborough Contemporary de Londres.

+Info: sigalitlandau.com (h/t: My Modern Met).

Siga-nos nas redes sociais:  

Criar Post
envie seu trabalho ou achado inspirador

O que achou disso?

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *